Ultimas

AO VIVO

sexta-feira, 12 de março de 2021

Edinho diz que fase emergencial é 'o único caminho a ser seguido' em Rio Preto


O prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo (MDB), afirmou, por meio de nota, que as medidas decretadas pelo governador João Doria (PSDB) "devem ser aplicadas na sua integralidade para que a Saúde possa retomar o controle do número de leitos e assim salvar vidas". O prefeito considera que o momento é de "extrema gravidade".

A posição oficial de Edinho foi divulgada por sua assessoria horas depois do anúncio de Doria, em São Paulo, de que todo Estado ficará na fase emergencial entre os dias 15 e 30 de março. Pelas novas regras, estão proibidos cultos religiosos, atividades esportivas, lojas de materiais de construção e retiradas de alimentos ou mercadorias na porta de estabelecimentos estão proibidas — com autorização para drive-thru das 5h às 20h. O delivery está autorizado nas 24 horas.

A nova fase também determina toque de recolher entre 20h e 5h. No anúncio, o governador destacou os 2.046 pedidos de exames e de internações em leitos de Covid-19 na fila, ainda sem atendimento.

"O sistema público de saúde está sob risco imediato de colapso e as medidas anunciadas pelo governo do Estado são necessárias e devem ser aplicadas na sua integralidade para que a Saúde possa retomar o controle do número de leitos e assim salvar vidas, o que não está sendo possível neste momento, considerado o mais difícil desde o início da pandemia, em março do ano passado", afirmou Edinho.

Edinho citou o setor econômico, prejudicado pela paralisação de atividade e manutenção de despesas e pediu compreensão. "Mais uma vez a economia será prejudicada, mas é o único caminho a ser seguido. Peço a compreensão dos rio-pretenses", finalizou.
Veja a nota na íntegra

"O momento é de extrema gravidade. O sistema público de saúde está sob risco imediato de colapso e as medidas anunciadas pelo governo do Estado são necessárias e devem ser aplicadas na sua integralidade para que a Saúde possa retomar o controle do número de leitos e assim salvar vidas, o que não está sendo possível neste momento, considerado o mais difícil desde o início da pandemia, em março do ano passado. Mais uma vez a economia será prejudicada, mas é o único caminho a ser seguido. Peço a compreensão dos rio-pretenses.

Prefeito Edinho Araújo"

O que muda?

Nesta fase, que começa no dia 15 e vai até o dia 30 de março, estão proibidas as celebrações religiosas coletivas. Segundo o governo estadual, igrejas poderão continuar recebendo fiéis de forma individual, mas não poderão reunir pessoas em cultos e missas, por exemplo.

Outra mudança é que os serviços de retirada (take away) também ficam proibidos no Estado. Os comércios poderão funcionar apenas com o serviço de delivery durante 24 horas e drive-thru das 5h às 20h. As lojas de materiais de construção, que estavam funcionando por serem consideradas essenciais, também serão fechadas para o público.

A fase emergencial também proíbe atividades esportivas coletivas, como jogos de futebol. O teletrabalho, em sistema de home office, se torna obrigatório em todas as atividades administrativas não essenciais, em órgãos públicos e em escritórios, desde que o setor não seja considerado essencial.

As novas medidas anunciadas pelo governo estadual também incluem o toque de recolher entre 20h e 5h. Além disso, a fase emergencial também proíbe o uso de praias e parques e qualquer tipo de aglomeração, que poderão ser denunciadas pelo telefone: 0800-771-3541 (ligação gratuita).
Confira as novas regras

ESCRITÓRIOS EM GERAL (INCLUSIVE MERCADO FINANCEIRO), SERVIÇO DE CALL CENTER, JURÍDICO E ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS - Obrigatoriedade de teletrabalho (home office).

COMÉRCIO DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO - Proibido o funcionamento e atendimento presencial, mas ficam liberados os serviços de retirada por clientes com veículo (drive-thru) e entrega na casa do comprador (delivery).

ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS (COMÉRCIO EM GERAL) - Somente entrega (delivery) e retirada de automóvel (drive-thru), com proibição de retirada de produtos no local.

REPARTIÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - Obrigatoriedade de teletrabalho (home office).

RESTAURANTES, BARES E PADARIAS - Somente entrega (delivery) e retirada de automóvel (drive-thru), com proibição de retirada de produtos no local. Mercearias e padarias podem funcionar seguindo as regras de supermercados para mercadorias alimentícias de primeira necessidade. Contudo, os alimentos manipulados não poderão ser retirados no local, apenas autorizados para serviço de entrega (delivery).

TRANSPORTE COLETIVO - Recomendação de escalonamento de horário para os trabalhadores da indústria, serviços e comércio. Os horários de entrada indicados são das 5h às 7h para profissionais da indústria, 7h às 9h para os de serviços e 9h às 11h para os do comércio.

EDUCAÇÃO ESTADUAL, MUNICIPAL E PRIVADA - Recesso da rede estadual por 15 dias, com recomendação para que escolas municipais e privadas sigam o mesmo procedimento.

COMÉRCIO DE PRODUTOS ELETRÔNICOS - Somente entrega (delivery) e retirada de automóvel (drive-thru), com proibição de retirada de produtos no local.

SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - Obrigatoriedade de teletrabalho (home office). Proibida a entrega e retirada no local de produtos que tiveram manutenção no local, permitida somente via entrega (delivery).

SUPERMERCADOS - Recomendação de escalonamento de horário para os funcionários utilizarem o transporte público para irem ao trabalho (9h às 11h).

HOTELARIA - Proibição de funcionamento de restaurantes, bares e áreas comuns dos hotéis. Alimentação permitida somente nos quartos.

ESPORTES - Atividades coletivas profissionais e amadoras suspensas.

TELECOMUNICAÇÕES - Teletrabalho (home office) obrigatório para funcionários de empresas de telecomunicação.

ATIVIDADES RELIGIOSAS - Proibição de realização de atividades coletivas como missas e cultos, mas permissão para que templos, igrejas e espaços religiosos fiquem abertos para manifestações individuais de fé.

Por:(Diário da Região)

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 Acontece em Foco
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates