Ultimas

AO VIVO

terça-feira, 24 de novembro de 2020

Pms libertam mulher mantida em cárcere durante quatro dias




 Francisco (foto) foi convencido pela equipe especializada em negociação a destravar porta e janela. Ele estava agredindo a esposa com um martelo. Vítima tinha medida protetiva.


Policiais militares libertaram nesta terça-feira, 24, uma mulher que era mantida em cárcere privado durante quatro dias. Durante todo esse tempo, a vítima foi ameaçada de morte e agredida com golpes de martelo. O pé dela estava quebrado.

O crime aconteceu no bairro de chácaras Parque do Sabiá, em Rio Preto.

Vizinhos acionaram a Polícia Militar após ouvir gritos de socorro.

No local, as primeiras equipes verificaram que a residência estava fechada e que havia uma mesa encostada no portão de forma de bloquear o acesso. 

Ao tentar diálogo com o agressor, Francisco de Assis Santos, ele dizia que não abriria a casa e caso os policiais tentassem invadir, mataria sua esposa e em seguida cometeria suicídio.

A todo momento a vítima gritava por socorro, informando que estava com ferimentos nas pernas e impossibilitada de andar.

Foi solicitado apoio para negociação e, após muita conversa, Francisco foi convencido a retirar os bloqueios na porta e janela e a se entregar.


A mulher possui medida protetiva contra seu esposo, mas temia ligar para a polícia porque ele ameaçava matar ela, os quatro filhos do casal e a mãe da vítima caso ela o denunciasse.

Libertada, ela foi levada para a  Upa tangara e Francisco para a DDM, onde a delegada  Luciana de Almeida Carmo Mancini deu voz de prisão por descumprimento de medida protetiva, lesão corporal e cárcere privado.


Informações: Polícia Militar /CBN Grandes Lagos 

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 Acontece em Foco
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates