Ultimas

AO VIVO

sexta-feira, 10 de julho de 2020

Cachorro fica gravemente ferido após ser atacado por capivaras



Um cachorro sofreu ferimentos graves, na manhã de ontem, após ser atacado pelas capivaras que vivem no Parque da Cultura, em Votuporanga. Ele perdeu muito sangue, e teve que passar por um procedimento cirúrgico, mas agora se recupera em uma clínica veterinária da cidade.

O animal, de aproximadamente um ano e seis meses, pertence a Silvia Cristina Dias, moradora do jardim Alvorada. Ao jornal A Cidade ela contou que tem o costume de deixar ele, que atende pelo nome de Jorginho e um outro cachorro que a família cuida, passear pela manhã.

Ontem, porém, quando os chamou do portão de casa, percebeu que apenas o mais velho retornou e ficou preocupada. Quando atravessou a rua viu Jorginho deitado em e todo ensanguentado na calçada do Parque.
“Durante a madrugada elas (capivaras) sobem tudo aqui para os parquinhos e acho que eles desceram até lá e foram brincar com elas que acabaram atacando. Nós já tínhamos visto elas correndo atrás de cachorros, mas não imaginava que pudessem machucar tanto assim”, contou.

O caso veio à tona após a família, que está desempregada em razão da pandemia, pedir ajuda pelas redes sociais para salvar o Jorginho, já que eles não teriam condições de bancar o atendimento veterinário que ele precisava. Houve uma grande mobilização pela internet até que o caso chegou ao conhecimento de Giba Oliveira, que já é reconhecido em toda cidade por seu trabalho pela causa animal.

“Fiquei sabendo do que aconteceu e procurei ajudar da melhor forma possível, depois a gente vê quanto vai ficar e faz uma ação entre amigos, uma vaquinha, não sei, só não poderíamos deixar o bichinho sofrendo”, contou.
Jorginho perdeu muito sangue, passou por uma cirurgia e agora está internado para se recuperar dos ferimentos. A princípio, não corre risco de morte.

Comum
Apesar de parecerem dóceis e inofensivas, esse tipo de ataque é mais comum do que se imagina. Não há relatos conhecidos em Votuporanga, mas em Balneário Camboriú, em Santa Catarina, por exemplo, uma mulher ficou ferida e o cachorro dela morreu após serem atacados por capivaras no início deste ano.

A tutora Marcella Rebello Cozer passeava com o cão Pitu e o filhote dele quando foram surpreendidos por um grupo de capivaras. Pitu foi mordido por capivaras. Marcella, tentou defendê-lo e acabou também ferida. O cãozinho foi encaminhado a um hospital veterinário, mas não resistiu aos ferimentos e morreu, já Marcela levou 23 pontos.

O mesmo aconteceu no final do ano passado em Cuiabá-MT. Uma mulher e seu cachorro, uma Rottweiler, de sete meses, passeavam por um parque da cidade quando a cachorra foi atacada e saiu correndo. Toda a ação foi filmada e, à princípio, a tutora do animal que nada tinha acontecido além do susto, mas depois percebeu que o animal estava muito ferido.

Por:(região noroeste)

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 Acontece em Foco
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates