Ultimas

AO VIVO

quinta-feira, 14 de maio de 2020

MC Kevin é denunciado por vizinhos por quebrar isolamento; horas depois de postar vídeo passeando cantor disse ter testado positivo para coronavírus


O MC Kevin, morador de Mogi das Cruzes, é alvo de uma denúncia de moradores do condomínio onde mora por ter quebrado o isolamento social de prevenção ao coronavírus (Covid-19). O cantor postou um vídeo em uma rede social dizendo que não aguentava mais ficar em casa e que precisava sair. Horas depois ele publicou que havia testado positivo para o coronavírus. O condomínio ainda reclama de uma live dias antes que tinha reunido mais de 30 pessoas na casa dele.

O condomínio registrou nesta quarta-feira (13) um boletim de ocorrência por infração à medida sanitária preventiva e perigo de contágio de moléstia grave. O G1 tentou falar com o MC Kevin, mas não recebeu resposta. Em nota nas redes sociais, publicada após repercussão negativa, o cantor disse que o primeiro teste tinha dado negativo e pediu desculpas (veja íntegra abaixo).

Nesta segunda-feira (11), Kevin Nascimento Bueno, de 22 anos, fez uma publicação nas redes sociais informando que o resultado do teste para Covid-19 havia dado positivo. "Saiu o resultado, deu positivo, família. Vamos nos cuidar porque é sério. Vou ficar sem postar mais nada até me recuperar", escreveu ele na postagem.

No entanto, poucas horas antes, ele havia divulgado um vídeo em que aparecia em um carro, ao lado de outro homem, dizendo que estava saindo porque não aguentava ficar em casa.

"Não posso nem sair. Só vou na conveniência aqui e já volto. Não aguento ficar muito tempo em casa não [não compreendido] tomar Sol, vitamina D. Tá ligado, não estou andando de jet igual ao Bolsonaro, mas está bom", afirma Kevin no vídeo.

Após a repercussão, o MC apagou as postagens. Kevin foi criticado nas redes sociais e, nesta terça-feira (12) publicou uma nota de esclarecimento em que pede desculpas aos fãs e familiares (confira a nota abaixo). O G1 tenta entrar em contato com a assessoria do cantor.

O condomínio Aruã Eco Park, em Mogi das Cruzes, registrou um boletim de ocorrência contra o MC no 3º Distrito Policial de Mogi das Cruzes.

No documento o condomínio alegou que o cantor desrespeitou os procedimentos de isolamento. O condomínio informou que deve entrar com uma queixa-crime judicialmente e disse ainda que acionou todos os órgãos competentes, incluindo a Vigilância Sanitária, para averiguarem o caso.

A recomendação do Ministério da Saúde é que as pessoas infectadas, suspeitas de contaminação, que tiveram contato com pessoas acometidas pelo vírus ou que tenham chegado de viagens ao exterior, permaneçam em isolamento domiciliar.

Guia do isolamento domiciliar: como preparar sua casa para conviver com suspeitos de infecção por coronavírus
Pessoas que tiverem contato com infectados por coronavírus também podem ser colocadas em isolamento, define governo

Revolta

Moradores do condomínio em que o cantor vive estão revoltados, pois acreditam que ele os expôs vírus. Além de sair de casa, quebrando o isolamento social, vizinhos afirmam que ele fez uma live, show transmitido ao vivo pela internet, há cerca de duas semanas.

“Ele fez uma live daqui do condomínio e pelo período de incubação a gente, não somos médicos, estamos deduzindo, mas a gente acredita que ele foi contaminado nessa live. Teve um fluxo gigante aqui no condomínio”, de acordo com a administração, cerca de 35 convidados do cantor deram entrada no condomínio para participar do evento.

“É um péssimo exemplo o que esse rapaz está fazendo. Ele é um formador de opinião, colocando na mídia social. A gente não quer prejudicar a imagem dele, mas mostrar para o público dele que não é assim”, comentou.

O condomínio de alto padrão possui academia e áreas para prática de esporte que estão fechadas há cerca de dois meses por causa da pandemia. Eventos, como festa junina, também foram cancelados e o administração afirma que segue diversas normas para minimizar os riscos da doença.

Para os moradores, a atitude do cantor foi irresponsável e injusta. "Todas as obras, a gente tem casa em construção aqui, tem regra para entrar, é medida a temperatura das pessoas. A gente está tomando um monte de precaução e o cara faz um negócio desse?", lamentou um morador.

A Prefeitura de Mogi das Cruzes informou em nota que aguarda a chegada da denúncia aos órgãos responsáveis pela fiscalização para que possa ser verificada a ocorrência e as medidas que poderão ser adotadas.

A administração municipal lembrou também que, frente à pandemia o coronavírus, não é permitida a aglomeração de pessoas em espaços públicos ou privados e que o trabalho de fiscalização e orientação é realizado pelo Departamento de Fiscalização de Posturas, pela Guarda Municipal e pelo Departamento de Vigilância Sanitária. Denúncias podem ser feitas pelo telefone 153, que funciona 24 horas por dia.

Além disso, o Departamento Municipal de Vigilância Sanitária lembrou que vem orientando os responsáveis pelos condomínios a não permitir a entrada de muitas pessoas de fora, como forma de prevenir a acumulação de pessoas.

Depois da repercussão negativa do caso, MC Kevin postou uma nota de esclarecimento nas redes sociais. Na mensagem, ele diz que apresentou sintomas da doença e que chegou a receber a orientação de que permanecesse em casa.

Declara também que o primeiro teste deu negativo, mas que o positivo veio após a realização do exame PCR. Por fim, pede desculpas às pessoas que expôs ao coronavírus. Confira a nota do cantor na íntegra:

"A cerca de seis dias tive um mal estar, foram dois dias consecutivos. No terceiro dia perdi o paladar e o olfato. Mesmo assim, me sentia bem e disposto. Vez ou outra uma leve dor de cabeça. Para tirar dúvidas deste sintoma, fiz o teste rápido, qual negativou. Numa consulta médica on-line fui orientado a ficar em casa como é a orientação dos órgãos de saúde, e se o quadro viesse a ase agravar que, eu fosse pessoalmente ao médico.

Para tirar dúvidas eu e minha família achamos por bem fazer um exame mais detalhado, o PCR qual, na data de hoje nos surpreendeu testando positivo para Covid-19. Vejam: para cada pessoa esse vírus se manifesta de uma maneira diferente, meio que "mutante". Eu me sentia tão bem, principalmente na data de hoje que, não acreditava estar contaminado por esse vírus que vem enganando os profissionais da saúde, se apresentando em sintomas específicos sem uma uniformidade, e comigo não foi diferente.

Realmente eu não acreditava. E o que me convencia disso? Me sentia e me sinto super bem, contudo contaminado. Penso, quantas pessoas devem ter sentido o mesmo que eu? Isso é preocupante, esse vírus é pior do que se pode imaginar. Errei, errei mais feito ainda por não ter contido esse meu desejo de liberdade natural em qualquer jovem de minha idade e muitas pessoas que amam a liberdade e expor as pessoas a minha volta.

Quero pedir desculpas aos meus fãs, amigos, familiares e até aqueles que estão desejando que o Kevin morra. (Deste mal, de querer o mal das pessoas, eu não morrerei). Amo a vida, amo viver e ser livre, contudo aprendi que a liberdade requer muita responsabilidade. Tenho família e amigos e hoje vejo o risco que os submeti. Aqui em casa estamos todos bem, já falei com meus amigos e pessoas próximas sobre essa observação necessária.

Que Deus possa nos guiar e dar sabedoria aos médicos e cientistas para descobrirem a cura para esse inimigo que não vemos e que quando chega nos surpreende e nos assusta. Sou o sustento da minha família, embora com apenas 22 anos, a responsabilidade de prover o bem estar de minha família vem do meu trabalho, vem da paixão e amor que eu tenho e recebo dos meus fãs. Hoje decreto em minha vida um novo começo, esse susto me pôs um alerto."

Por:(G1interior)

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 Acontece em Foco
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates