Ultimas

AO VIVO

segunda-feira, 29 de abril de 2019

O SANTO E O PROFANO – “Michê” invade Catedral e cobra programas com bispo

Garoto de programa acusa Dom Tomé de não pagar por encontros amorosos em sauna gay; ele diz que o religioso pagava drogas e bebidas

Um homem invadiu a Catedral de Rio Preto enquanto o bispo diocesano, Dom Tomé Ferreira da Silva, celebrava a missa de páscoa, dizendo-se “garoto de programa” e cobrava o líder religioso, com quem supostamente teria feito programas sexuais.
O rapaz, que em video, acusa Dom Tomé de tê-lo contratado para outros encontros amorosos, em São Paulo, dizia que o bispo teria ficado devendo pelos “serviços”. O homem ainda revela que reconheceu Dom Tomé pela Rede Vida de Televisão e por isso veio à cidade fazer a cobrança. O garoto de programa revela que o bispo teria prometido um carro em troca do silêncio.
BARRACO – Ao invadir a Catedral, no sábado, 20, à noite, o rapaz começou a gravar sua própria movimentação dentro da igreja, que era observada por três seguranças de Dom Tomé Ferreira da Silva. Os guarda-costas queriam evitar tumulto e escândalo e insistiam para que o “michê” deixasse o local.
Alguns fiéis, sob o compromisso do anonimato, disseram que as cenas “foram constrangedoras”.Uma mulher contou que se sentiu envergonhada com a situação. “Foi deprimente, simplesmente vexatório, ver um homem cobrando o bispo por programas sexuais”, disse um dos fiéis.
IRONIA – Enquanto era abordado por um dos seguranças, o rapaz chegou a perguntar em tom irônico:”você é o Tomé?”, tentando demonstrar grau de intimidade com o líder religioso.
SAUNA GAY – Em um segundo vídeo, gravado em local desconhecido, o mesmo homem revela um relacionamento íntimo e encontros frequentes com Dom Tomé. Em um trecho da gravação, o “michê” diz que o religioso pagava bebidas e até drogas. Alguns encontros teriam acontecido em uma sauna gay, em São Paulo.
HISTÓRICO – O bispo Dom Tomé está sob investigação do Vaticano, acusado de uma série de irregularidades, inclusive escândalo sexual, através de aplicativo de mensagens, como o BOM DIA já revelou com exclusividade.
O bispo Dom José Negri, da Diocese de Santo Amaro, foi designado pelo papa Francisco para apurar todas as denúncias contra Dom Tomé. Diante dos novos fatos, o bispo acusado, a Confederação Nacional dos Bispos do Brasil e a Nunciatura (espécie de embaixada do Vaticano), não se manifestaram.

Por: Jornal BOM DIA Rio Preto


Um comentário:

 
Copyright © 2013 Acontece em Foco
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates